Liderado por Bolsonaro, comitê integrado contra covid tem primeira reunião

O presidente Jair Bolsonaro participa nesta quarta-feira (31), às 9h, da primeira reunião oficial do Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19, no Palácio do Planalto. O órgão, criado na semana passada após pressão de outros poderes, é coordenado pelo presidente e tem como integrantes os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Também participará das reuniões, na condição de observador, uma autoridade indicada pelo presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux. Já o Ministério da Saúde será responsável pela secretaria-executiva do grupo. A falta de participação direta de governadores e prefeitos no comitê tem gerado reações negativas de estados e municípios.

De acordo com o decreto que formalizou a criação do comitê, o primeiro encontro do grupo deve definir o cronograma das próximas reuniões, previstas para acontecerem semanalmente. O comitê terá a duração de 90 dias, mas o prazo poderá ser prorrogado. O órgão ainda pode criar grupos de trabalho para estudar assuntos específicos relacionados à pandemia. Bolsonaro poderá convidar autoridades e especialistas para participar das reuniões. A pauta principal da primeira reunião ainda não foi divulgada.

>  Após um ano de pandemia, governo anuncia comitê integrado de crise

> Prefeitos pedem socorro internacional contra a covid-19. Veja o vídeo

Continuar lendo