Ex-líder do governo diz que Bolsonaro pode levar Brasil à ruínas

A ex-líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), chamou Eduardo Bolsonaro de "mimado" e afirmou que não pode compactuar com "golpes brancos". Segundo a deputada, as ações de Bolsonaro podem levar o presidente e o Brasil à ruína. As declarações foram publicadas em sua conta no Twitter neste sábado (19).

> Senador do MDB substitui Joice Hasselmann como líder do governo no Congresso

"Não posso compactuar com golpes brancos, nem com o uso do Palácio para pressionar deputados e fazer a vontade de um filho mimado. Essas ações podem levar o presidente e o Brasil a ruína. Não tenho compromisso com o erro. Meu compromisso é com BRASIL e com a verdade", disse Joice na publicação.

Ela também afirmou que foi traída, mas que enquanto Jair Bolsonaro estiver trabalhando pelo povo, ela manterá o apoio a ele.

A ex-líder e ex-braço direito de Bolsonaro no Congresso, afirmou que mesmo apoiando o presidente, não irá compactuar com "ações que podem prejudicá-lo, mesmo q sejam dele mesmo". A deputado ainda afirmou que não irá estimular o presidente quando ele tomar atitudes que podem o levar "a se autoimplodir".

Joice perdeu a liderança recentemente

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) foi destituída da liderança do governo no Congresso Nacional. O substituto é o senador Eduardo Gomes (MDB-TO). A informação foi confirmada ao Congresso em Foco pelo líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

A decisão do presidente Jair Bolsonaro acontece após Joice não apoiar a iniciativa de colocar Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como líder do partido na Câmara.

> Bolsonaristas estão isolados no PSL e se informando pela imprensa

Catarse

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!