Indicação de Eduardo para embaixada chega ao Senado após dia dez, diz líder

O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), acredita que a indicação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para embaixador do Brasil nos Estados Unidos será enviada pelo governo federal após o dia 10 de outubro.

"Acredito que será encaminhada após a votação em segundo turno da Previdência", disse o emedebista ao Congresso em Foco.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), quer aprovar a reforma da Previdência em dois turnos até o o próximo dia 10.

O presidente da Comissão de Relações Exteriores, senador Nelsinho Trad (PSD-MS), onde Eduardo precisa ser sabatinado antes da indicação ir ao Plenário, é mais otimista que Bezerra e diz que a indicação sai nesta semana após a reforma da Previdência ser aprovada em primeiro turno.

Trad, no entanto, afirmou ao Congresso em Foco, que o apoio a indicação de Eduardo está "em construção" no Senado.

>Eduardo Bolsonaro diz já ter votos no Senado para virar embaixador. Veja o vídeo
>Eduardo diz a senadores que se preparou “a vida toda” para ser embaixador

 

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!