Governo anuncia extinção do cargo de porta-voz da Presidência

O cargo de porta-voz da Presidência da República será extinto nos próximos dias, segundo informado na noite desta quarta-feira (26) pelo Ministério das Comunicações (veja a íntegra da nota abaixo). Com isso, o atual porta-voz, general Otávio Rêgo Barros, deverá ser exonerado.

Senado impõe derrota ao governo e decide não adiar vigência da LGPD

A pasta justificou que a mudança se deve à reestruturação ministerial realizada quando da recriação do Ministério das Comunicações, em junho, que acomodou o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN). “Diante de toda reestruturação da Comunicação do Governo, o cargo de porta-voz da Presidência da República será desativado em novo decreto a ser publicado nas próximas semanas”, diz a nota.

Mais cedo, o Uol havia divulgado que o próprio general estava ciente da decisão, que também já havia sido comunicada aos ministros das Comunicações e da Secretaria de Governo, pasta à qual o porta-voz é hoje subordinado.

Rêgo Barros promovia briefings com jornalistas durante o primeiro ano do governo Jair Bolsonaro e no início de 2020, mas o posto foi sendo paulatinamente esvaziado conforme ocorriam divergências entre suas falas e as do presidente. Além disso, o porta-voz foi atacado pela ala ideológica do governo, ligada ao vereador e filho do presidente Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). Carlos criticou a estratégia adotada em 2019 de promoção de cafés-da-manhã no Palácio do Planalto com jornalistas convidados. “Porta-voz serve para proteger e não para expôr”, afirmou ele em julho do ano passado.

Veja a nota:

Com a edição da MP 980/20, que criou o Ministério das Comunicações, toda a estrutura do Governo relativa à Comunicação foi reunida em uma mesma pasta.

Em 14 de agosto, o Decreto nº 10.462/20 estabeleceu a estrutura regimental do Ministério das Comunicações e selou a nova concentração de competências e quadro de cargos e funções no que se refere à comunicação de Governo.

Diante de toda reestruturação da Comunicação do Governo, o cargo de porta-voz da Presidência da República será desativado em novo decreto a ser publicado nas próximas semanas.

Ascom/SeGov e Ascom/MCom

> Câmara aprova texto-base do projeto que cria TRF-6 em Minas Gerais

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!