Fora da agenda oficial, Bolsonaro assina posse de Queiroga na Saúde

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (23) o ato de nomeação do médico Marcelo Queiroga para o comando do Ministério da Saúde.

A oficialização não estava prevista em nenhuma das agendas oficiais do governo e acontece uma semana depois de Bolsonaro anunciar Queiroga como substituto do general Eduardo Pazuello na Saúde. A informação foi confirmada pelo Congresso em Foco com o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR).

Um dos primeiros compromissos após a nomeação é uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro e os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux.

O encontro está marcado para esta quarta-feira (24) para debater a criação de um grupo amplo para elaborar ações para conter a pandemia do coronavírus.

>CPI da Covid está travada. Pacheco se compromete a criar comitê nacional

Continuar lendo