Flávio diz estar “comprovado” que Bolsonaro não prevaricou em caso Covaxin

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) disse nesta quinta-feira (8) que "está comprovado" que o presidente Jair Bolsonaro não prevaricou no caso da Covaxin. O presidente é apontado de ter ignorado denúncias dos irmãos Miranda sobre irregularidades no contrato para aquisição da vacina. "Não há nenhum problema durante o processo de contratação da Covaxin", afirmou o senador em coletiva anterior à sessão da CPI da Covid.

Assista:

O deputado Luis Miranda (DEM-DF) e seu irmão, o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda, dizem que levaram ao presidente documentos e notas fiscais que atestavam as irregularidades no processo no dia 20 de março.

"Então tá comprovado que nesse caso específico era impossível o presidente Bolsonaro ter visto que foi apresentado a ele esse invoice no dia 20. E ainda assim, o presidente  tomou as medidas e cobrou das autoridades competentes um retorno das acusações que foram feitas. O retorno foi de que não havia nada de errado nos procedimentos", disse o filho do presidente. "E o chefe do Executivo não pode ser acusado de prevaricação, não existe acusação de prevaricação sobre contracheque do Executivo porque ele não é o ordenador de despesas", acrescentou.

Para o senador Flávio, as acusações contra o governo Bolsonaro no caso da compra da Covaxin tratam-se de "narrativas" que "tentam vincular o presidente a algo de errado". "Não aceitaram o resultado das eleições de 2018 ainda, e vão perder a de 2022", afirmou o filho 01 do presidente.

> Após dia tenso, CPI ouve ex-coordenadora da Saúde nesta quinta

> Parlamentares reprovam primeiro ano de Milton Ribeiro no MEC

> Proposta de contrato da Precisa foi enviada para e-mail pessoal de militar

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

 

Continuar lendo