Em 1º dia, Regina Duarte tem reuniões com Bolsonaro, Sturm e Marcelo Alvaro

A atriz Regina Duarte embarcou nesta quarta-feira (22) para Brasília para iniciar o que chama de período de testes no comando da Secretaria Nacional de Cultura. Oficialmente, a área está sem comando definido.

Neste primeiro dia ela almoçou com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto e conheceu a sede da Secretaria acompanhada do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que comanda a pasta cuja área cultural  está vinculada.

O futuro secretário de Audiovisual, André Sturm, também recepcionou Regina.

Sturm foi secretário de Cultura quando João Doria (PSDB) era prefeito de São Paulo. Escolhido pelo último a ocupar a Secretaria de Cultura, Roberto Alvim, para comandar a área de audiovisual do governo federal, sua nomeação ainda não saiu no Diário Oficial da União.

“Estou no aguardo de minha nomeação. Passei o dia na sede da Secretaria para receber a nova secretária”, disse ao Congresso em Foco.

Também nesta quarta-feira foi demitido o secretário-adjunto da Secretaria de Cultura, José Paulo Soares Martins. Ele assumiu interinamente o comando da estrutura após a demissão de Alvim.

Ele não apenas deixou de exercer a função de interino, como saiu da área cultural do governo federal, onde trabalhava desde 2016. A assessoria da Secretaria de Cultura não respondeu quem comandará interinamente a área.

Regina Duarte disse que aceitou fazer testes para decidir se aceita definitivamente ou não o convite para ocupar o cargo no governo. A declaração foi dada na segunda-feira (20) após reunião com Bolsonaro e o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, no Rio de Janeiro.

A função ficou vaga após a demissão de Roberto Alvim na sexta-feira (17). O dramaturgo  foi alvo de uma enxurrada de críticas após parafrasear um discurso nazista ao anunciar premiação na área cultural.

> Veja a reação política às declarações de Roberto Alvim

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!