“Direita está à frente da esquerda na comunicação”, diz Gleisi

Reeleita presidente nacional do PT neste domingo (24), a deputada Gleisi Hoffmann pediu aos companheiros de partido mais empenho na comunicação com a população, seja na internet ou no corpo a corpo. Ela afirmou que, quando se fala de redes sociais, a direita está à frente da esquerda, mesmo que às vezes use perfis falsos para isso. E sugeriu que, para tentar mudar essa situação, o PT deve passar a investir mais nas redes sociais.

> Gleisi: “Manifestações ecoarão no Brasil. PT deve estar pronto para ajudar”

"Temos que avançar na nossa comunicação. Acredito que conseguimos ter avanços em muitas coisas, mas ainda estamos aquém daquilo que precisamos. A direita está à nossa frente. Precisamos usar mais as redes sociais, organizá-las e juntá-las. Precisamos potencializar os nossos canais. Temos que transformar isso num canhão de comunicação", discursou Gleisi.

Questionada sobre essa estratégia, Gleisi explicou que, além de intensificar o corpo a corpo com a população, os integrantes do PT podem se unir para formar uma grande rede de comunicação na internet. "Eu acho que estamos aquém do que precisamos para se comunicar com a sociedade. Se pegar as redes da direita e da extrema direita, pelos recursos que eles têm, pelos robôs, e pela forma como fazem, elas acabam atingindo mais pessoas", justificou.

Ela destacou, por sua vez, que o PT até pode investir em uma nova política de comunicação para potencializar sua presença na internet, mas não fará uso de perfis falsos para isso. "Nós não usamos esses métodos, mas precisamos reforçar a nossa rede. Temos a maior bancada de deputados, temos senadores, governadores, sindicatos, associações. Temos o desafio de juntar essa rede e canalizá-la".

> Lula fala sobre PT, Bolsonaro, Lava Jato e economia. Veja

> Tenha a melhor cobertura do Congresso de graça no seu Whatsapp

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!