Deputados votam crédito de quase R$ 2 bi para vacina contra o coronavírus

Os deputados devem votar nesta quarta-feira (2) a Medida Provisória 994/20, que destina crédito extraordinário de R$ 1,99 bilhão para viabilizar a compra de tecnologia e a produção de vacinas contra o novo coronavírus.

>Centrão e oposição assinam manifesto contra reeleição de Maia e Davi

Os recursos vão cobrir contrato entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde, e o laboratório AstraZeneca, que desenvolve uma vacina contra a covid-19 em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

O dinheiro terá como origem a emissão de títulos públicos. Do total, R$ 1,3 bilhão corresponderá à encomenda tecnológica. Já a unidade da Fiocruz produtora das vacinas, a Bio-Manguinhos, receberá investimentos de R$ 522 milhões.

A previsão é de que sejam produzidos 100 milhões de doses a serem distribuídas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A vacina de Oxford está em fase de testes com voluntários no Brasil e em outros países.

Com informações da Agência Câmara.

>Davi marca votação da LDO para 16 de dezembro

Continuar lendo