Deputado pede convocação de Braga Netto para explicar ameaça golpista

O deputado Fábio Trad (PSD-MS) apresentou requerimento de convocação do ministro da Defesa, Braga Netto, para que ele explique se declarou que não haverá eleições caso o voto impresso não seja aprovado pelo Congresso, conforme revelou o jornal O Estado de S. Paulo.  A declaração de teor golpista foi duramente criticada por parlamentares.

“Tal falta de apreço à democracia por integrantes do Estado não é apenas repulsiva e absurda, mas constitui verdadeira hipótese de crime contra a segurança nacional”, escreveu Trad na justificativa do requerimento apresentado à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Braga Netto e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), apontado como destinatário da mensagem, negaram ter conversado sobre o assunto.

Trad lembra que tentativa de mudar, com emprego de violência ou grave ameaça, o Estado democrático de direito é passível de pena de até 15 anos de reclusão.

“O que o ministro Braga Netto fez, com o suporte de alguns chefes militares, nada mais é do que pressionar o Congresso Nacional para aprovar um Proposta de Emenda à Constituição com a gravíssima ameaça de por fim à democracia brasileira, elemento que coincidentemente nunca foi apreciado por aqueles que dão sustentação ao governo Bolsonaro”, escreveu o deputado, que é um dos vice-líderes do PSD na Câmara. Trad pede a convocação do ministro. Caso o requerimento seja aprovado, Braga Netto ficará obrigado a comparecer. A CCJ é presidida pela deputada Bia Kicis (PSL-DF), uma das principais defensoras de Jair Bolsonaro no Congresso.

Braga Netto ameaça golpe em meio a denúncias de militares pela CPI da Covid

Autoridades reagem à fala de Braga Netto: “Tirania precisa ser combatida”

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.

Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo