Convite a Regina teve mais buscas que vídeo com referências nazistas de Alvim

O governo Bolsonaro conseguiu contornar a crise provocada pelo malfadado vídeo do ex-secretário de Cultura Roberto Alvim com o convite feito à atriz Regina Duarte para ocupar a pasta – ao menos na internet.

> Regina Duarte deve R$ 319,6 mil por irregularidades com a Lei Rouanet, diz revista

Dados do Google Trends, plataforma que mensura o interesse dos usuários no buscador, demonstra que a gravação com referencias nazistas que levou à demissão do dramaturgo chamou a atenção dos usuários, mas menos que a possível nomeação da "namoradinha do Brasil" para a secretaria do Ministério do Turismo.

Enquanto o momento de mais buscas por Alvim marcou 87 pontos na plataforma, o pico de interesse por Regina Duarte foi de 100 pontos – o Google Trends faz uma comparação relativa, indo de 0 a 100.

O interesse por Alvim começou a crescer na manhã da sexta-feira passada (17), após a divulgação do vídeo em que o dramaturgo parafraseia o ministro de propaganda da Alemanha nazista, Joseph Goebbels. O momento com mais buscas pelo ex-secretário ocorre às 13h daquele dia, pouco depois de ser anunciada a sua demissão.


As pesquisas por Alvim começam a diminuir em seguida, mas apresentam um crescimento novamente quando a colunista Mônica Bêrgamo anuncia que Regina Duarte havia sido convidada para ocupar o cargo de secretária de Cultura.

Às 20h daquela sexta, as buscas pela atriz batem o pico de interesse relativo do gráfico, fazendo com que o nome de Alvim também cresça nas pesquisas.

Nas horas seguintes as buscas por Alvim começam a diminuir, chegando à uma pontuação próxima de 0 já na tarde do domingo, apenas dois dias depois de sua demissão. O interesse pelo ex-secretário permanece baixo nos dias seguintes.

Já as buscas por Regina apresentam um aumento de interesse nos dias seguintes, com picos em alguns momentos durante a semana. Na segunda-feira (20), a atriz se reuniu com Bolsonaro no Rio de Janeiro. Em seguida, na quarta, foi a Brasília conhecer a secretaria.

Metodologia

A busca foi feita com base nos dados de usuários brasileiros, da 1h do dia 17 de janeiro de 2020 à 1h do dia 23 de janeiro de 2020. Os termos pesquisados foram Regina Duarte e Roberto Alvim.

> Bolsonaro decide demitir Alvim

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!