Comissão aprova relatório e processo de impeachment de Witzel vai a plenário

A comissão especial do impeachment da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou parecer favorável à continuidade do processo de impeachment contra o governador afastado Wilson Witzel (PSC). O relatório do deputado Rodrigo Bacellar (Solidariedade) foi aprovado por unanimidade pelos 24 participantes da reunião.

O parecer será analisado pelo plenário, onde serão necessários pelo menos 47 votos para a abertura do processo de impeachment. Se isso ocorrer, caberá a um tribunal formado por cinco deputados estaduais e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidir, no prazo de seis meses, se cassa ou não o mandato do governador afastado.

> Witzel, Crivella e Carlos Moisés enfrentam votação de impeachment nesta quinta

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!