Com dores abdominais, Bolsonaro passa por exames em Brasília

Jair Bolsonaro deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA) em Brasília nesta quarta-feira (14) para fazer exames após sentir dores abdominais. O presidente vinha se queixando nos últimos dias de soluços. Segundo o Palácio do Planalto, Bolsonaro ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. A Secom diz ainda que o presidente "está animado e passa bem."

As reuniões de Bolsonaro programadas para hoje foram canceladas. A agenda previa, às 11h, um encontro com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux. De acordo com informações do STF, o encontro "será oportunamente reagendado".

Confira nota da Secom na íntegra:

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, por orientação de sua equipe médica, deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, nesta quarta-feira (14) para a realização de exames para investigar a causa dos soluços.
Por orientação médica, o presidente ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. Ele está animado e passa bem.

Secretaria Especial de Comunicação Social
Secom/MCom

> Filho de Arthur Lira atua em contratos de publicidade que envolvem governo

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo