Citando de Renato Russo a oração em Tupi, Ernesto Araújo assume Itamaraty

O novo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, reuniu em seu discurso de quase uma hora uma miscelânea de citações e referências. Ele participou de solenidade de transmissão do cargo, que era ocupado por Aloysio Nunes (PSDB).

O chanceler brasileiro, destaca o jornal O Globo, fez citações em grego e em latim e usou referências de textos, obras literárias e músicas de Renato Russo, Raul Seixas, Clarice Lispector, Olavo de Carvalho, José de Anchieta e uma Ave Maria em Tupi.

O novo ministro afirmou que vai trabalhar “pela pátria” e “não pela ordem global”, afirmando que a política externa do país está “presa fora do Brasil”.

Araújo defendeu aliança do Brasil com outros países governados pela extrema-direita ou ultraconservadores, como Polônia, Hungria de Israel e de nações latino-americanas que “se libertaram do Foro de São Paulo”.

Leia a íntegra da reportagem de O Globo

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!