Bolsonaro testa positivo para covid-19 novamente

O presidente Jair Bolsonaro testou positivo para covid-19 novamente nesta quarta-feira (15). Ele já havia sido diagnosticado com a doença no último dia 7 e, na época, fez uma coletiva de imprensa para anunciar o resultado. Bolsonaro tem 65 anos e está no grupo de risco da doença.

A Secretaria Especial de Comunicação Social divulgou uma nota confirmando o diagnóstico e afirmando que o presidente "permanece no Palácio da Alvorada, residência oficial, e continua sendo acompanhado pela equipe médica da Presidência da República".

"Eu não recomendo nada. Eu recomendo que você procure seu médico e converse com ele. O meu, no caso, médico militar, foi recomendada a hidroxicloroquina e funcionou. Estou bem, graças a Deus. Ontem de manhã fiz exame, à noite deu resultado que ainda estou positivo para o coronavírus", declarou Bolsonaro por meio de suas redes sociais.

A droga não tem comprovação científica de eficácia e já foi descartada pela OMS. Apesar disso, o presidente insiste no uso para combate à covid-19.

No sábado (11) o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta criticaram a militarização e a falta de um titular para a pasta durante a pandemia de covid-19.

A Saúde é conduzida de maneira interina pelo general do Exército Eduardo Pazuello desde 15 de maio, há dois meses. Bolsonaro sinalizou na última semana que deverá escolher outro nome para o seu lugar. O último ministro da Saúde, Nelson Teich, ficou um mês no cargo, do qual se afastou após divergências com as orientações do presidente Jair Bolsonaro em relação ao combate à covid-19.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!