Bolsonaro promete aumentar diária dos soldados de engenharia

O presidente Jair Bolsonaro prometeu nesta quinta-feira (28) aumentar as diárias pagas aos soldados que integram os Batalhões de Engenharia de Construção do Exército. Ele disse que vai atualizar o valor dessa diária de R$ 25 para R$ 50 caso a proposta seja aprovada pelo Congresso.

> Bolsonaro pede fim de doações financeiras para ONGs da Amazônia

Segundo Bolsonaro, a medida vai beneficiar aproximadamente mil soldados que hoje trabalham em obras de engenharia que contribuem com as atividades do Exército, como a construção de pontes e a pavimentação de rodovias a BR-163 no Pará. Ele ainda garantiu que já avaliou o impacto financeiro dessa medida com os Ministérios da Economia e da Defesa. Mas não informou de que forma vai viabilizar isso, se por projeto de lei ou medida provisória.

"O soldado engajado que trabalhava de segunda a segunda ganhava uma diária de R$ 25. Já está tudo certo. Vai depender do Parlamento, se entende que é justo. Nós vamos passar para R$ 50 a diária de um soldado de obras no Brasil. Vai ajudar bastante os nossos soldados do Batalhão de Engenharia de Construção", anunciou Bolsonaro na live desta quinta-feira.

O presidente ainda parabenizou o trabalho desses soldados de engenharia que participaram da pavimentação da BR-163 no Pará - obra entregue nessa quinta-feira (27) pelo governo. "Essa obra é no coração do agronegócio e vai diminuir os custos para a exportação", escreveu no Twitter.

> Bolsonaro é denunciado em corte internacional por “incitar genocídio indígena”

> Tenha a melhor cobertura do Congresso de graça no seu Whatsapp

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!