Bolsonaro minimiza relação com vice-líder do governo flagrado com dinheiro na cueca

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (15) que seu governo defende o combate à corrupção e que a operação deflagrada nessa quarta-feira (15) que encontrou dinheiro na cueca do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), vice-líder dele no Senado, foi organizada e planejada pelo próprio governo federal.

>Senador flagrado com dinheiro na cueca renuncia à vice-liderança do governo

"Nós estamos combatendo a corrupção, não interessa a pessoa suspeita", disse Bolsonaro a apoiadores na porta do Palácio da Alvorada. A operação, de acordo com o presidente, é resultado de esforço da Controladoria-Geral da União (CGU) e da Polícia Federal.

"Vocês estão há quase dois anos sem ouvir sobre corrupção no meu governo. Meu governo são os ministros, estatais e bancos oficiais – esse é meu governo", declarou, desvinculando-se das acusações contra o seu vice-líder no Senado.

O presidente voltou a defender que Chico Rodrigues, apesar de compor a articulação do Planalto, não faz parte de seu governo. "Essa investigação de ontem é típica do meu governo. E não há corrupção no meu governo", disse Bolsonaro.

> PF encontra dinheiro na cueca de vice-líder do governo no Senado

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!