Bolsonaro faz seu primeiro desfile de 7 de setembro como presidente

O presidente Jair Bolsonaro realiza na manhã deste sábado (7) sua primeira participação do desfile de 7 de setembro como presidente da República.

O evento acontece um dia após ser completado um ano do atentado que sofreu na cidade mineira de Juiz de Fora.

No dia 6 de setembro de 2018, o então candidato a presidente levou uma facada durante comício eleitoral.

No domingo (8), um dia após o desfile, Bolsonaro será internado no hospital Vila Nova Star, em São Paulo (SP).

O vice-presidente Hamilton Mourão assumirá interinamente a Presidência da República até quinta-feira (12). Bolsonaro fica internado até o dia 18 de setembro.

O militar contraiu um hérnia incisional, que surgiu em decorrência das outras três intervenções cirúrgicas às quais foi submetido para tratar o ferimento provocado pela facada.

A previsão é que o político do PSL desfile em carro aberto e use o Rolls Royce presidencial ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

A decisão contrasta com o evento do último ano realizado pelo então presidente Michel Temer (MDB), que preferiu andar em carro fechado.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), acompanha o chefe de estado na cerimônia. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não vai participar, pois está em viagem oficial ao Quatar.

Em live no Facebook feita na quinta-feira (5), Bolsonaro confirmou a presença no desfile dos empresários de mídia Silvio Santos (SBT) e Edir Macedo (Record). Flávio Rocha, do grupo Riachuelo, e Luciano Hang, das lojas Havan, também estarão presentes.

>Desfile militar será acompanhado de atos pró e contra Temer em Brasília
>Dilma e ministros acompanham desfile de 7 de setembro

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!