Bolsonaro faz gesto de banana contra jornalistas e reitera fala sobre Aids

O presidente Jair Bolsonaro se irritou neste sábado (8) com jornalistas e fez um gesto obsceno contra os profissionais da imprensa que o aguardavam do lado de fora do Palácio da Alvorada. "Vou dar uma banana para vocês, tá ok?".

O mandatário reclamou da cobertura midiática da declaração que ele deu nesta semana sobre portadores do vírus HIV, que causa Aids, serem custosos para o país.

"Eu falei: o que que faltou? Faltou uma mãe, uma avó que pudesse dar orientação para não começar a fazer sexo tão cedo. Qualquer pessoa com HIV é uma pessoa que, além do problema de saúde gravíssimo, que temos pena, é custoso para todo mundo. Vocês focaram que o aidético é oneroso no Brasil. Estou levando porrada de tudo quanto é grupo de pessoas que têm este problema lamentavelmente".

O gesto do chefe do Poder Executivo foi registrado pelo canal do Youtube Folha do Brasil, feito por apoiadores do presidente e que registra diariamente as declarações de Bolsonaro na residência oficial da Presidência da República.

> “Jornalistas são raça em extinção”, diz Bolsonaro

A ação faz parte de uma série de ataques que o presidente faz a jornalistas. No dia 6 de janeiro, o presidente disse que o jornalismo está em extinção e que ele deveria vincular a profissão ao Ibama.

Em 2019 foram 116 ataques, ou seja, quase dez ataques por mês a profissionais jornalistas, a veículos de comunicação e à imprensa em geral, segundo dados da Federação Brasileira de Jornalismo (Fenaj).

Depois da entrevista coletiva deste sábado, o mandatário foi para um evento evangélico no estádio Mané Garrincha.

> Bolsonaro fez ao menos 111 ataques à imprensa em 2019. Veja lista

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!