Bolsonaro é internado e Mourão assume Presidência por cinco dias

O presidente Jair Bolsonaro deu entrada na noite deste sábado no hospital Hospital Vila Nova Star, em São Paulo (SP). O presidente fará cirurgia neste domingo (8) e quem assume a Presidência da República é o vice-presidente Hamilton Mourão.

General Mourão ficará no comando interino do governo federal até a próxima quinta-feira (12), afirma o gabinete do porta-voz da Presidência.

O político do PSL vai precisar fazer uma cirurgia porque contraiu um hérnia incisional, que surgiu em decorrência das outras três intervenções cirúrgicas às quais foi submetido para tratar o ferimento provocado pela facada.

O atentado ao presidente durante comício eleitoral na cidade mineira de Juiz de Fora completou um ano no último dia 6.

Em nota, o Hospital Vila Nova Star, no qual Bolsonaro foi avaliado, destacou que a hérnia foi identificada em uma consulta de rotina realizada no dia 1 de setembro e que, na ocasião, o médico Antonio Luiz Macedo elogiou a saúde do presidente.

A previsão é que Bolsonaro fique internado até o dia 18 de setembro. Logo após se recuperar da cirurgia, mesmo hospilatizado, ele irá retomar o papel de presidente.

A presidência da Câmara dos Deputados também está sob comando interino. Rodrigo Maia (DEM-RJ) está em viagem oficial ao Quatar e o 1º vice-presidente da Câmara, Marcos Pereira (Republicanos-SP) assume a cadeira temporariamente.

 

> Carlos Bolsonaro ataca Mourão e sugere traição: “Se não visse, não acreditaria”

 

 

 

 

facadageneral mourãoJair Bolsonaro