Bolsonaro e Davi Alcolumbre se reúnem para conversar sobre ações do STF

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), foi na tarde desta quinta-feira (28) ao Palácio do Planalto para reunião com o presidente Jair Bolsonaro. O Congresso em Foco  ouviu de auxiliares próximos do senador que a conversa foi para discutir as recentes ações do Supremo Tribunal Federal.

As principais informações deste texto foram enviadas antes para os assinantes dos serviços premium do Congresso em Foco. Cadastre-se e faça um test drive.

Bolsonaro escalou no tom contra o STF após decisões envolvendo seus auxiliares e aliados políticos. “Chega, porra!” e “ordens absurdas não se cumprem” foram algumas das expressões usadas pelo presidente nesta tarde.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi convocado para prestar depoimento à Polícia Federal por manifestações agressivas contra membros do Supremo e deputados, empresários e influenciadores digitais bolsonaristas foram alvos de Operação da PF que investiga disseminação de Fake News.

> Bolsonaro tem rejeição recorde: 43%; base segue em 33%, diz Datafolha

Davi Alcolumbre, que é também presidente do Congresso Nacional,  tenta agir para diminuir a crise entre as instituições. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não participou da conversa, mas afirmou que é importante que os Poderes construam um diálogo.

"O presidente Davi foi ao Planalto agora e é importante que os Poderes possam estar dialogando. Nós começamos um diálogo muito produtivo e não podemos nesse momento de crise desorganizar e deixar que as instituições fiquem conflitando e gerando insegurança para a sociedade brasileira", disse em entrevista coletiva.

> Eduardo Bolsonaro defende ruptura institucional. Oposição reage a golpismo

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!