Bolsonaro diz que “inimigos do Brasil são terríveis” em evento com Witizel

Em cerimônia ao lado  do governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel (PSC), o presidente Jair Bolsonaro declarou que existem inimigos dentro e for do Brasil. Segundo ele, os de dentro são os mais terríveis. Mesmo sentando lado a lado, os dois não se falaram.

> Em meio a crise do PSL, Joice Hasselmann conversa com DEM

Bolsonaro estava sentado na cadeira ao lado de Witzel e quando o ministro Fernando Azevedo e Silva levantou para discursar, o presidente trocou de cadeira para se afastar do governador.

“Temos inimigo dentro e fora do Brasil, os de dentro são os mais terríveis. Os de fora nós venceremos com tecnologia e disposição e meios de dissuasão”, afirmou Bolsonaro enquanto discursava.

Em setembro, o PSL anunciou que deixaria o apoio ao governo de Witzel, pois o governador anunciou que pretende se candidatar à presidência em 2022. Flavio Bolsonaro ameaçou expulsar os  correligionários que não quiseram abandonar o governo, mas ao perceber que a resistência seria grande, recuou.

>PSL vive clima de rebelião e ameaça de debandada no Congresso

BolsonaroBolsonaro e Witzeleleições 2022Fernando Azevedo e Silvaflavio bolsonarogovernador Rio de Janeiropresidência 2022presidente da repúblicaWitzel