Bolsonaro deu vexame na ONU, diz oposição. Governistas falam em orgulho

O discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York, foi aplaudido por lideranças governistas, mas chamado de vergonhoso por oposicionistas. Em seu pronunciamento, Bolsonaro negou que a Amazônia esteja sendo devastada, defendeu a autonomia do Brasil sobre a floresta e atacou líderes estrangeiros, como Nicolás Maduro, da Venezuela, e Emmanuel Macron, da França, além do cacique Raouni, um dos principais porta-vozes da causa indígena em todo o planeta. Segundo ele, é uma falácia dizer que a Amazônia é “um patrimônio da humanidade”.

Veja as reações nas redes de parlamentares aliados e da oposição ao discurso do presidente:

Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), senador e filho do presidente:

Carla Zambelli (PSL-SP), deputada:

Alessandro Molon (PSB-RJ), líder da oposição na Câmara:

Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição no Senado:

Jandira Feghali (PCdoB-RJ), líder da Minoria na Câmara:

Marcelo Freixo (Psol-RJ), deputado:

> Lançamos nosso primeiro crowdfunding. Contribua para o jornalismo independente!

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!