Após gráfico sem dados sobre remédio contra covid-19, #BolsonaroCharlatao cresce no Twitter

O governo Jair Bolsonaro apresentou nesta segunda-feira (19) um estudo clínico defendendo o uso do vermífugo Nitazoxanida em pacientes na fase precoce da covid-19. Entretanto, sem detalhar os dados da pesquisa, o governo recorreu a um gráfico que não representava as informações do estudo para defender a eficácia do medicamento.

A reação veio rapidamente no Twitter, onde a hashtag #BolsonaroCharlatao despontou como uma das mais usadas na manhã desta terça-feira (20).

A médica Patrícia Rocco, coordenadora do estudo clínico, afirmou que ele foi submetido a uma publicação internacional e justificou que isso impede o detalhamento dos dados. “Infelizmente, neste momento não poderei relatar mais detalhes sobre o estudo, já que ele foi submetido a uma revista internacional e isso faria com que perdêssemos o ineditismo, limitando a publicação”, disse sem informar o nome da publicação.

Em nota, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) informou “que o gráfico usado no vídeo apresentado no evento de anúncio dos resultados dos ensaios clínicos com a nitazoxanida não faz parte dos dados do estudo e aparece apenas de forma ilustrativa”.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!