Após encontro com Maia, Doria diz que PSDB e DEM seguirão sempre juntos

Depois de visita do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), compartilhou uma foto com Maia e o vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) com a legenda: “PSDB e DEM seguirão sempre juntos.”

Maia esteve no Palácio dos Bandeirantes na última sexta (20), mas a pauta da agenda não foi divulgada pelas assessorias de imprensa.

O presidente da Câmara tem realizado uma série de encontros nas últimas semanas com lideranças políticas para tratar de sua sucessão na Casa, em fevereiro de 2021, e da corrida à Presidência da República em 2022. Na Câmara, ele tenta compor uma aliança com a esquerda contra o bloco bolsonarista do líder do Centrão, deputado Arthur Lira (PP-AL).

Na quinta-feira (19), Maia esteve em Fortaleza (CE) e se reuniu com os irmãos Ciro e Cid Gomes, o governador Camilo Santana (PT-CE), e o líder da minoria, deputado José Guimarães (PT-CE). Em entrevista recente ao programa Roda Viva, da TV Cultura, Maia declarou que votou em Ciro no primeiro turno das eleições de 2018.

No início do mês, o demista também almoçou com o apresentador Luciano Huck no Rio de Janeiro, mas negou que o teor da conversa tenha sido o pleito de 2022. Apesar de ainda não estar filiado a nenhum partido, Huck é cotado como potencial candidato contra Jair Bolsonaro, que já anunciou que tentará a reeleição. Maia é entusiasta de uma candidatura única do campo do centro para 2022, mas crítico à composição de uma chapa com o ex-ministro da Justiça Sergio Moro, a quem já classificou de “extrema-direita”.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!