“Acho que ele está me dispensando”, diz Regina Duarte sobre Bolsonaro

Um possível distanciamento por divergências políticas entre a secretária especial de Cultura, Regina Duarte, e o presidente Jair Bolsonaro foi exposto nesta terça-feira (5). A readmissão de Dante Mantovani ao cargo de presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) foi encarado negativamente pela secretária. “Que loucura isso, que loucura. Eu acho que ele está me dispensando”, disse Regina se referindo a Bolsonaro.

> As últimas notícias da pandemia de covid-19

A frase foi captada durante uma ligação telefônica feita pela reportagem da revista Crusóe à assessoria da secretária. De acordo com a reportagem, assinada por Igor Gadelha, a secretária foi "surpreendida" pela decisão, já que uma conversa entre ela e o chefe do Executivo sobre o assunto estava agendada para esta semana.

Dante Mantovani foi exonerado em março logo quando Regina assumiu o cargo. Em trechos captados pela Crusóe, a atriz diz que optou pela demissão, pois preferia alguém que conhecesse para o posto.

A nomeação foi assinada pelo ministro da Casa Civil, Braga Netto e publicada hoje no Diário Oficial da União. O agora chefe da Funarte é maestro e já foi criticado por publicações feitas nas redes sociais. Em um vídeo publicado no Youtube, por exemplo, ele associou o rock ao satanismo e ao aborto.

> Cadastre-se e acesse de graça, por 30 dias, o melhor conteúdo político premium do país

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!