Zarattini diz que oposição tenta impedir votação para mostrar que ofertas de emendas de Temer são “falsas”

 

O líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (SP), afirmou ao Congresso em Foco que a oposição se mobilizará até o último momento para adiar a votação da denúncia de corrupção contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Casa. No entanto, a segunda sessão, iniciada na tarde desta quarta-feira (2), já tem quórum suficiente para votação. De acordo com o parlamentar, o adiamento seria para ganhar tempo e convencer os deputados, que aceitaram trocar votos por emendas, a votar a favor do andamento da denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Nós estamos tentando impedir que essa votação ocorra para que a gente possa adiar essa votação e fazer ela no momento em que as ofertas do governo para os deputados, do ponto de vista de liberação de recursos, sejam demonstradas que são falsas”, disse.

Assista ao vídeo:

 

Leia também:

Oposição manobra e zera painel de votação na Câmara; meta é transmissão em horário nobre

Réus, condenados e investigados na Lava Jato viram juízes na votação da denúncia contra Temer

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!