Vídeo: Temer volta a cometer gafes no exterior e diz que governo tem feito “voltar o desemprego”

Em vídeo postado em sua rede social do Twitter, o presidente Michel Temer (PMDB) cometeu uma nova gafe ao dizer que o governo, entre seus feitos, tem feito “voltar o desemprego”. Temer, na realidade, queria dizer que sua gestão estava conseguindo combater o desemprego, que ainda se mantém em níveis alarmantes no Brasil.

Leia também:
“Crise econômica no Brasil não existe”, diz Temer na Alemanha

O vídeo foi gravado em Hamburgo, na Alemanha, onde o presidente participa da reunião do G20, grupo que reúne os 20 países mais ricos do mundo. Veiculado por volta do meio-dia desta sexta-feira (7), o material rapidamente se espalhou pela rede e gerou os mais diversos tipo de reação entre os internautas.

Apesar da fala otimista de Temer, os últimos levantamentos divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam o oposto. Em meio à crise política que ameaça a permanência do próprio Temer, denunciado por corrupção passiva, na Presidência da República, os indicadores da macroeconomia ainda não sinalizam uma melhora consistente em relação ao tema.

O índice de desemprego no Brasil se manteve em seu maior recorde, com 14,2 milhões de pessoas desempregadas em 2017. No primeiro trimestre do ano, o desemprego havia aumentado 13,7%. Trata-se da maior taxa de desemprego desde o início do levantamento do IBGE, em 2012.

Veja o vídeo:

 

As últimas incursões de Temer pelo exterior têm sido marcadas por tropeços do presidente sobre fatos históricos e mesmo questões da contemporaneidade. Em reunião com empresários na Alemanha, nesta sexta-feira (7), o peemedebista se referiu aos russos como “soviéticos”. Em sua última viagem internacional antes da reunião do G20, Temer também cometeu uma gafe ao chamar o rei da Noruega de “rei da Suécia”. O erro ocorreu durante um encontro com a primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, no dia 23 de junho, durante visita oficial ao país.

Leia mais:
Hipótese de substituição de Temer ganha força entre aliados; na Argentina, Maia fala como presidente

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!