Vídeo: o ‘poderoso chefão’ Cunha e seus defensores

Filmete da seção “Escuta essa!”, do portal UOL, faz resumo da semana em que presidente da Câmara viveu mais momentos de constrangimento – como ser chamado de “ladrão” em debate na CPI dos Crimes Cibernéticos

“Eu diria, até, que o nome dele [Cunha] aqui na Casa – desde a instalação na CPI, com a contratação da Kroll, da nomeação das sub-relatorias, ele influenciou em todas as questões – é ‘Big Boss’, ‘Godfather’, é ‘Poderoso Chefão’, que continua alimentando a pauta da Câmara dos Deputados!”

A fala é do líder do Psol na Câmara, Ivan Valente (SP), um entre os quarenta e poucos deputados que pediram, no Conselho de Ética, a instauração de um processo por quebra de decoro parlamentar do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). E está no início do filmete semanal produzido pela equipe do portal UOL e veiculado na seção “Escuta essa!”.

O vídeo tem pouco mais de três minutos e, como sempre, é repleto de humor e sarcasmo (assista aqui) – destaque para o emprego de imagem do clássico dirigido por Francis Ford Coppola e estrelado por Marlon Brando. Em uma passagem, o mítico personagem do cinema questiona: “O que eu fiz para você me tratar com tanto desrespeito”? A cena é “colada” àquela em que, na quarta-feira (21), manifestantes impediram o deputado de concluir uma coletiva de imprensa aos gritos de “fora, Cunha”.

Não poderia ser diferente: Cunha protagoniza mais esse vídeo da Escuta essa! Denunciado ao Supremo Tribunal Federal (STF) como um dos políticos suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção que pilhou a Petrobras, o cacique peemedebista passou as duas últimas semanas fustigado pela avalanche de revelações sobre as contas secretas que ele sempre negou ter aberto no exterior – em 12 de março, foi espontaneamente à uma CPI da Petrobras recheada de aliados para contar a estória, “mentira” apontada por adversários e pelas normas da Câmara como suficientes para a abertura de processo por falta de decoro.

A situação do presidente da Câmara se complica a cada dia na Câmara. E, à medida que desdobramentos da Operação Lava Jato ganham o noticiário, a revolta popular cresce. Como neste vídeo, veiculado por este site na última quinta-feira (22), em que Cunha é chamado de “ladrão” em audiência pública na CPI dos Crimes Cibernéticos. E foi prontamente defendido, com direito a copo d'água lançado pelo deputado Laerte Bessa (PR-DF) no suposto agressor verbal.

Assista ao vídeo da seção Escuta essa!

Mais sobre Eduardo Cunha

Mais sobre Operação Lava Jato

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!