Vídeo do Congresso em Foco no Facebook alcança 5 milhões de usuários

Em pouco mais de 24 horas, vídeo da briga entre os deputados Zé Geraldo e Wellington Roberto publicado na página do site na rede social atingiu número de usuários superior à população do Distrito Federal e de 15 estados

O vídeo da briga entre os deputados Zé Geraldo (PT-PA) e Wellington Roberto (PR-PB), no Conselho de Ética da Câmara, bateu recorde de visualizações e pessoas alcançadas na página do Congresso em Foco no Facebook. Em pouco mais de 24 horas, a publicação já atingiu mais de 5 milhões de usuários e foi acessada por 734 mil.

Mais de 11 mil compartilharam o vídeo e cerca de 3,5 mil curtiram a publicação, que já passa dos 1,5 mil comentários. O número de pessoas alcançadas pelo vídeo é maior, por exemplo, do que a população do Distrito Federal e de 15 estados brasileiros, como Amazonas, Espírito Santo, Paraíba e Mato Grosso.

Na terça-feira (8), a comemoração de deputados oposicionistas e dissidentes da base aliada ao anúncio da vitória da chapa alternativa que vai compor a comissão especial do impeachment também superou a marca de 1 milhão de usuários atingidos. O vídeo foi visto mais de 120 mil vezes.

Apenas nos últimos sete dias a página do Congresso em Foco no Facebook registrou um aumento de 515% no alcance de internautas. Nesse período, mais de 7,5 milhões visualizaram nossas publicações. Ao todo, 7,3 mil curtiram – salto de mais de 200% em relação à semana anterior.

A briga

A reunião do Conselho de Ética dessa quinta-feira (10) para discutir o processo de cassação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), virou um ringue. Os deputados Wellington Roberto e Zé Geraldo trocaram ofensas e tapas. Tiveram de ser contidos pelos colegas em meio a xingamentos. O presidente do Conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA), suspendeu a reunião por cinco minutos para que os ânimos se acalmassem. Nesse intervalo, os dois continuaram a se acusar.

Veja a briga no vídeo abaixo:

Mais sobre audiência do Congresso em Foco

Mais sobre Eduardo Cunha

Mais sobre Conselho de Ética

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!