Vídeo: Dilma cometeu crime de responsabilidade e deve ser afastada, diz Moka

Senadores pró-impeachment entendem que voto pelo afastamento definitivo da petista deve considerar a falta de condições políticas para o retorno de Dilma ao posto

O vice-líder do PMDB no Senado, Waldemir Moka (PMDB-MS), está convencido de que a presidente afastada Dilma Rousseff cometeu mesmo crime de responsabilidade na execução orçamentária do ano passado. Para o peemedebista, a punição prevista e recomendada é mesmo o impeachment.

Moka alega que as perícias de procuradores do Tribunal de Contas da União demonstram que houve desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal. Além disso, o parlamentar também defende que a gestão “desastrosa” da política econômica e a falta de condições políticas da governante são motivos para que seja afastada definitivamente.

“Cabe ao Senado também fazer um julgamento considerando as condições políticas em que ela (Dilma) deixou o país”, disse Moka.

Veja no vídeo abaixo:

 

Mais sobre impeachment

Mais sobre crise brasileira

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!