Vem Pra Rua fará transmissões ao vivo do impeachment pelo país

Locais de transmissão são os mesmos em que, no último 13 de março, atos pelo impedimento presidencial foram realizados em todas as capitais e centenas de municípios

O movimento Vem Pra Rua vai preparar estruturas de transmissão da sessão plenária que vai decidir, na Câmara, se o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff segue para a votação do Senado – Casa legislativa que, segundo rito definido pelo Supremo Tribunal Federal, fica responsável pela análise de mérito sobre as denúncias de crime de responsabilidade apresentadas contra a petista. As discussões terão início na próxima sexta-feira (15) e, depois de diversos procedimentos regimentais, vão culminar com a votação do pedido de impedimento no domingo, a partir das 14h.

Convocando a população para se manifestar Brasil afora, o Vem Pra Rua vai montar telões para que o cidadão possa acompanhar ao vivo as discussões de plenário. Segundo o movimento, os locais de transmissão são os mesmos em que, no último 13 de março, manifestações pró-impeachment foram realizadas em todas as capitais brasileiras e centenas de municípios.

Os telões serão afixados a céu aberto em todas as capitais e em cerca de 200 cidades – nesse caso, diz o grupo, a mobilização é espontânea. O Vem Pra Rua diz não ter “lista formatada” sobre quais são as cidades que promoverão as transmissões.

Ainda segundo o movimento, telões serão dispostos na Esplanada dos Ministérios, a poucos metros do Congresso. Além da região central de Brasília, haverá telões a céu aberto em São Paulo (no cruzamento da Avenida Paulista com a Pamplona, em um caminhão); no Rio de Janeiro (três telões na Praia de Copacabana); em Recife (telões na Avenida Boa Viagem, nas proximidades do Segundo Jardim); e em Salvador (Jardim de Alah).

Mais sobre o Brasil nas ruas

Mais sobre impeachment

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!