Veja quem votou a favor da volta de Aécio ao Senado

 

O PMDB foi providencial na decisão favorável ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) tomada pela maioria do plenário, em votação realizada nesta terça-feira (17). Dos 22 membros do partido do presidente Michel Temer, denunciado ao Supremo Tribunal Federal (STF) a exemplo do tucano, 20 participaram da sessão plenária e apenas dois votaram contra o senador mineiro: Kátia Abreu (TO) e Roberto Requião (PR). Aécio recebeu 44 votos contra a decisão da Primeira Turma do STF, que em 26 de setembro o afastou do mandato e aplicou outras medidas cautelares, como recolhimento domiciliar noturno e proibição de viagem ao exterior. Outros 26 senadores votaram contra o retorno do tucano ao exercício do mandato.

<< Senadores devolvem exercício do mandato a Aécio

<< Os áudios que levaram ao afastamento de Aécio; transcrição detalha pagamento de R$ 2 milhões

O PSDB de Aécio também foi determinante para assegurar a maioria em plenário, com 11 dos 12 senadores do partido votando alinhadamente ao tucano. A exceção foi Ricardo Ferraço (PSDB-ES), que é publicamente favorável ao afastamento de Aécio e ao fim da aliança com o governo Temer. Temporariamente sob o comando de Tasso Jereissati (CE), que orientou voto a favor de Aécio em plenário, o PSDB está rachado entre os que defendem o rompimento com Temer (os chamados “cabeças pretas”, grupo de parlamentares mais novos) e os que acham melhor manter a parceria e os quatro ministérios ocupados por tucanos.

Houve esforço de senadores dispostos a votar contra e a favor de Aécio, alguns deles com limitações físicas ou de saúde. O líder do PSDB no Senado, Paulo Bauer (SC), por exemplo, passou mal e, com dor torácica, foi diagnosticado com crise hipertensiva e submetido a testes em um hospital de Brasília, mas interrompeu o tratamento para votar a favor de Aécio. Por outro lado, com o ombro quebrado, o líder do DEM na Casa, Ronaldo Caiado (GO), cruzou de carro os mais de 200 quilômetros que separam Goiânia de Brasília apenas para votar contra o ex-aliado. Caiado se acidentou com uma mula neste fim de semana.

Os seguintes senadores não compareceram à votação, além do próprio Aécio: Armando Monteiro (PTB-PE), Cristóvam Buarque (PPS-DF), Gladson Camelli (PP-AC), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Jorge Viana (PT-AC), Ricardo Ferraço, Rose de Freitas (PMDB-ES), Sérgio Petecão (PSD-AC) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). Ao menos quatro deles – Gleisi, Viana, Ferraço e Vanessa – eram votos certos contra o tucano.

Veja como cada senador votou:

NÂO (contra o afastamento de Aécio)

Benedito de Lira PP AL
Fernando Collor PTC AL
Renan Calheiros PMDB AL
Eduardo Braga PMDB AM
Omar Aziz PSD AM
Davi Alcolumbre DEM AP
Tasso Jereissati PSDB CE
Hélio José PROS DF
Wilder Morais PP GO
Edison Lobão PMDB MA
João Alberto Souza PMDB MA
Roberto Rocha PSDB MA
Aécio Neves PSDB MG
Antonio Anastasia PSDB MG
Zeze Perrella PMDB MG
Pedro Chaves PSC MS
Simone Tebet PMDB MS
Waldemir Moka PMDB MS
Cidinho Santos PR MT
Wellington Fagundes PR MT
Flexa Ribeiro PSDB PA
Jader Barbalho PMDB PA
Cássio Cunha Lima PSDB PB
José Maranhão PMDB PB
Raimundo Lira PMDB PB
Fernando Bezerra Coelho PMDB PE
Ciro Nogueira PP PI
Elmano Férrer PMDB PI
Eduardo Lopes PRB RJ
Garibaldi Alves Filho PMDB RN
José Agripino DEM RN
Ivo Cassol PP RO
Valdir Raupp PMDB RO
Romero Jucá PMDB RR
Telmário Mota PTB RR
Dalirio Beber PSDB SC
Dário Berger PMDB SC
Paulo Bauer PSDB SC
Eduardo Amorim PSDB SE
Maria do Carmo Alves DEM SE
José Serra PSDB SP
Marta Suplicy PMDB SP
Ataídes Oliveira PSDB TO
Vicentinho Alves PR TO

 

SIM (a favor do afastamento)

Acir Gurgacz PDT RO
Alvaro Dias PODE PR
Ana Amélia PP RS
Ângela Portela PDT RR
Antonio Carlos Valadares PSB SE
Fátima Bezerra PT RN
Humberto Costa PT PE
João Capiberibe PSB AP
José Medeiros PODE MT
José Pimentel PT CE
Kátia Abreu PMDB TO
Lasier Martins PSD RS
Lídice da Mata PSB BA
Lindbergh Farias PT RJ
Lúcia Vânia PSB GO
Magno Malta PR ES
Otto Alencar PSD BA
Paulo Paim PT RS
Paulo Rocha PT PA
Randolfe Rodrigues REDE AP
Regina Sousa PT PI
Reguffe S/Partido DF
Roberto Requião PMDB PR
Romário PODE RJ
Ronaldo Caiado DEM GO
Walter Pinheiro S/Partido BA

 

<< De ombro quebrado, Caiado vai ao Senado votar contra Aécio

<< Aécio defendeu votação aberta no Senado sobre prisão de Delcídio; veja o vídeo

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!