Veja a íntegra dos esclarecimentos do GDF sobre as aeronaves

Bombeiros do DF têm dois helicópteros e quatro aviões

SECOM/GDF

1-Qual é a frota aérea do CBMDF?

Resposta:

- 04 AVIÕES (01 CESSNA, 01 NAVAJO e 02 AIR TRACTOR);

- 02 HELICÓPTEROS (01 EC 135 T2 e 01 ESQUILO AS 350 B2).

2– Quanto custou cada aeronave?

Resposta:

- CESSNA: Doação da SENAD (preso realizando tráfico de entorpecentes);

- NAVAJO: Doação da Polícia Federal;

- AIR TRACTOR: 1,9 milhões de dólares (cada);

- EC 135 T2: 6 milhões de dólares;

- AS 350 B2: Doação do Governo Federal (Força Nacional).

3– Quantas vítimas foram atendidas pelos dois helicópteros, especificamente, em 2013?

Resposta:

Total: 731 (esquilo: 488 e EC 135:243)

4– Por que a corporação não fez seguro do casco e Luc (cobre passageiros e terceiros no solo) das aeronaves?

Resposta:

Está em fase de Processo Licitatório que se encontra em poder as Diretoria de Materiais e Serviços sob o número 053.000.560/2014.

5– Tem seguro Reta? Qual valor?

Resposta:

Sim.

CESSNA: R$ 3.081,00

NAVAJO: R$ 2.656,91

AIR TRACTOR: R$ 1.594,00 (cada)

EC 135 T2: R$ 3.890,00

AS 350 B2: R$ 2.656,91

6– Qual foi a última vez em que as aeronaves da corporação tiveram esses dois tipos de seguro?

Resposta:

Até meados de 2007. Neste ano a Corporação está elaborando minuta de Lei que contempla a indenização a título de seguro de vida  e de acidentes envolvendo os militares de serviço, que deverá substituir o atual seguro de aeronaves, cuja a proposta será encaminhada ao Exmº Sr Governador do Distrito Federal até 02 de Julho próximo.

7– Que tipo de seguro fizeram da última vez? Apenas o Reta?

Resposta:

Reta. Sim

8– O helicóptero do governador tem seguro aeronáutico? Qual tipo (luc, casco e Reta) e quanto custou?

Sim, o helicóptero do governador possui seguro.

Nota da Redação: A ordem de serviço no. 88, do dia 17 de abril de 2014 e publicada no Diário Oficial do DF, mostra a contratação de “seguro aeronáutico (RETA, CASCO e LUC) para riscos que envolvem a operação da aeronave, prefixo PR-GDF, pertencente à carga patrimonial da Casa Civil da Governadoria do Distrito Federal”.

Helicópteros dos Bombeiros DF para a Copa não têm seguro total

Mais sobre Copa do Mundo

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!