Urnas inutilizadas sobem para 1.601

Em Botafogo, zona Sul do Rio, uma urna queimou, o que levou à adoção do sistema manual de votação

Em boletim atualizado há pouco, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que, em todo o país, 1.601 urnas eletrônicas já tiveram de ser substituídas. Há pouco mais de duas horas, eram 1.266, e os casos de defeito ou mau funcionamento continuam a ser registrados. A Justiça eleitoral colocou mais 15 urnas “de contingência” (eram 57.003) para repor eventuais danos no sistema eletrônico de votação.

Pesquise aqui todas as informações sobre os seus candidatos
Tudo sobre as eleições 2012

Apesar do número crescente de substituições de urnas, a presidenta do Tribunal Superior Eleitoral, ministra Carmem Lúcia, disse mais cedo que os casos de defeito ou mau funcionamento são muito inferiores àqueles verificados na eleição passada, em 2010. Em coletiva de cinco minutos, a magistrada disse também que episódios como prisões ou tumultos em zonas eleitorais eram “irrelevantes” até então.

Carmen Lúcia diz que ocorrências sobre votações são “irrelevantes”

Ainda segundo o TSE, apenas uma zona de votação passou a adotar o sistema manual de votação, em razão dos problemas com urnas eletrônicas. Entre 431.185 postos de votação, o sistema manual passou a ser feita em Botafogo, zona Sul do Rio de Janeiro, onde uma urna queimou.

Leia mais:
Eleições municipais acontecem sub judice
PT e PSDB lideram em quase metade das capitais
Na eleição da ficha limpa, recorde de votos e candidatos

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!