TST: Edital será publicado em junho

Fundação Carlos Chagas foi escolhida para seleção que formará cadastro de reserva. Os salários receberão salário de R$ 5 mil, mas o cargo prevê muitas gratificações

O Tribunal Superior do Trabalho contratou a Fundação Carlos Chagas (FCC) para seu próximo concurso que formará cadastro de reserva de técnicos e analistas. Para os concurseiros que estão se preparando ou almejam uma vaga no judiciário, o edital de abertura está previsto para sair em junho e as provas devem ser aplicadas em setembro, segundo especialistas consultados pelo SOS Concurseiro/Congresso em Foco. Os aprovados podem receber até R$ 5.104 e trabalharão em Brasília.

Leia outros destaques de hoje no Congresso em Foco

A empresa contratada para selecionar os futuros servidores tem sido a preferida dos mais diversos tribunais. Nos últimos anos, a banca foi responsável pelos concursos dos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) em diversas regiões, além de Tribunais Regionais Eleitorais e Tribunais de Justiça em diversos estados. No caso do TST, a fundação foi contratada por dispensa de licitação e o extrato foi publicado no Diário Oficial da União no último dia 16 de abril, assinado pelo ministro presidente do TST, João Oreste Dalazen.

A expectativa é que muitos aprovados sejam aproveitados. Do último concurso, ocorrido em 2007, foram convocados 500 analistas e 593 técnicos judiciários, quantitativo muito maior que as 312 vagas oferecidas no edital.

 

Gratificações

O professor de Direito do Trabalho do EBEJI e do Gran Cursos, Gáudio de Paula, motiva os concurseiros aspirantes a um cargo no Tribunal Superior do Trabalho: “Além da estabilidade que o serviço público proporciona, o mais atraente no caso do TST, é o grupo expressivo de gratificações, principalmente na categoria de confiança, como nos gabinetes”.

Sobre o concurso iminente, a assessoria de imprensa do TST não confirma que o edital será publicado em junho, informou apenas que a comissão ainda não foi formada – apesar da empresa já ter sido contratada – e não há datas definidas para a seleção, pois a validade do último concurso vencerá em 27 de maio e, só após o fim deste prazo será permitida a realização de um novo processo seletivo. A assessoria do órgão acrescentou que as vagas provavelmente serão para formação de cadastro de reserva.

Último concurso

A última seleção do TST ocorreu em 2007 com provas aplicadas em fevereiro de 2008 pelo Centro de Promoção e Seleção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) (veja detalhes aqui). Foram oferecidas 205 vagas para os cargos de analista judiciário e 107 vagas para técnico legislativo, com remunerações de R$ 5.104 para o nível superior e R$ 3.085 para o nível médio. O concurso atraiu mais de 151 mil inscritos e gerou uma demanda de 484 candidatos por vaga.

Saiba mais sobre concursos no SOS Concurseiro

Continuar lendo