TSE manda candidato a vice de Aécio Neves retirar link de site do Senado

Ministro determinou desativação de link com site do Senado ou retirada de imagens e textos com teor eleitoral de página pessoal

O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), concedeu liminar contra o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), candidato a vice-presidente da República na chapa encabeçada pelo também senador Aécio Neves (PSDB-MG). O ministro concluiu que Aloysio fez propaganda eleitoral irregular, por meio de um link entre sua página pessoal na internet e o site do Senado.

Gonzaga acatou pedido formulado pela coligação "Com a força do povo", da presidenta Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição. O ministro determinou a desativação do link com o site institucional da Casa ou a retirada de imagens e textos com teor eleitoral da página pessoal.

"A partir da documentação carreada aos autos, vislumbro a realização de propaganda eleitoral irregular, por meio da utilização de link em sítio oficial do Senado Federal, que direciona para a página pessoal do segundo representado [Aloysio], na qual se apresenta conteúdo relacionado ao pleito que se avizinha", disse Gonzaga.

Mais sobre eleições

Assine a Revista Congresso em Foco em versão digital ou impressa

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!