TSE: 24 milhões de eleitores deixaram de votar

Edson Sardinha

O índice de eleitores que deixaram de votar cresceu nestas eleições, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em todo o país, 24,61 milhões (18,12%) de eleitores deixaram de comparecer às urnas no último domingo (3). Quem não votou nem justificou a ausência tem prazo de 60 dias, a contar do dia 3, para se apresentar à Justiça eleitoral, sob pena ficar impedido, por exemplo, de se inscrever em concursos públicos ou tirar o passaporte, além de pagar multa.

Leia ainda: Tudo sobre as eleições do último domingo

Em 2006, a abstenção foi de 16,75%. Quatro anos antes, quando o presidente Lula se elegeu pela primeira vez, o índice dos que não compareceram às urnas ficou em 17,74%. Também cresceu o percentual de votos em branco. Foram registrados 3,47 milhões de votos em branco (3,13%) no domingo. Na eleição geral passada, 2,73% votaram em branco. Em 2002, o índice foi de 3,03%.

Por outro lado, diminuiu a contagem dos votos nulos, confirmando tendência de queda das duas eleições anteriores. No domingo, foram 6,12 milhões (5,51%) de votos nulos. Há oito anos, esse índice foi de 7,35%, e em 2006, de 5,68%.

Os números oficiais da eleição presidencial foram divulgados ontem (terça, 5) pelo TSE.

Veja a votação final dos candidatos à Presidência:


Dilma Rousseff (PT) - 47.651.434 votos - 46,91% dos votos
José Serra (PSDB) - 33.132.283 - 32,61%
Marina Silva (PV) - 19.636.359 - 19,33%
Plínio de Arruda Sampaio (Psol) - 886.816 - 0,87%
José Maria Eymael (PSDC) - 89.350 - 0,09%
Zé Maria de Almeida (PSTU) - 84.609 - 0,08%
Levy Fidélix (PRTB) 57.960 - 0,06%
Ivan Pinheiro (PCB) 39.136 - 0,04%
Ruy Costa Pimenta (PCO) 12.206 - 0,01%
Válidos 101.590.153 (91,36%)
Brancos 3.479.340 (3,13%)
Nulos 6.124.254 (5,51%)

A propaganda eleitoral gratuita dos dois candidatos à presidência da República que concorrem ao segundo turno começa nesta sexta-feira (8). Serra e Dilma terão dez minutos cada para a veiculação na TV do programa eleitoral em bloco no período da tarde (13h) e outros dez à noite (20h30). No rádio, os programas irão ao ar às 7h da manhã e às 12h. As regras para a propaganda dos presidenciáveis no segundo turno foram aprovadas ontem à noite pelo TSE.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!