Temer promete ação contra partilha de salários

Eduardo Militão
 
O presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), prometeu abrir um processo sobre a partilha de salários, denunciada pelo deputado Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ) em entrevista ao Congresso em Foco.
 
“Se houver denúncia a respeito disso, toda e qualquer denúncia, qualquer representação, nós vamos processar”, disse Temer ao Congresso em Foco, pouco depois do meio-dia, no Salão Verde da Casa. Ele fez a ressalva de que informações como as que foram prestadas por Biscaia têm de ser formalizadas.
 
“É só vir uma representação que nós vamos processar”, declarou.
 
O deputado Biscaia citou casos de partilha de salários após ler reportagem do Congresso em Foco sobre vários servidores ligados ao PSC da Câmara que tiveram aumentos e reduções salariais consecutivas num período máximo de 18 meses. Os funcionários disseram que as perdas de remuneração não atrapalhavam seus orçamentos. Biscaia tomou o cuidado de não falar do caso concreto, mas de uma prática, que, segundo ele, existe na Câmara.


Leia também:
 
Biscaia: deputados partilham salário de servidores
 
A estranha montanha-russa salarial do PSC na Câmara

Funcionária do PSC diz que não compartilha salário

Leia tudo sobre a montanha-russa salarial

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!