Temer nomeia aliado de Cunha para liderar o governo na Câmara

André Moura (PSC-SE), escolhido como líder do governo na Câmara pelo presidente interino Michel Temer, faz parte da tropa de choque que tenta barrar o processo de Cunha no Conselho de Ética

Seguindo a indicação dos chamados partidos do 'centrão', o presidente interino Michel Temer escolheu nesta terça--feira (17) o deputado André Moura (PSC-SE) para a liderança o governo na Câmara. Moura é um dos principais deputados da tropa de choque do presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha e luta para barrar a cassação do peemedebista no Conselho de Ética.

Além do apoio de Eduardo Cunha, a indicação de André Moura é defendida por partidos como PP, PR e PSD. O principal rival de dele na disputa foi o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), ligado ao secretário-executivo de Parcerias do governo, Moreira Franco, e com o apoio do PSDB, DEM e PPS. Rodrigo, porém, não teve apoio suficiente para assumir o cargo.

O líder do governo na Câmara tem a função de negociar em nome do Palácio do Planalto os temas de interesse do presidente da República. Segundo André Moura, "a escolha do líder do governo tem de refletir um nome próximo do presidente interino e que contribua com as articulações na Casa, de modo que o governo consiga aprovar matérias prioritárias".

Temer ainda chegou a cogitar outros três nomes para a liderança: Jovair Arantes (PTB-GO), relator da comissão do impeachment, Rogério Rosso (PSD-DF), presidente da comissão do impeachment e Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), líder do PP na Câmara.

Mais sobre Eduardo Cunha

Mais sobre Michel Temer

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!