Temer é xingado durante caminhada, sorri e ignora protesto. Veja o vídeo

O presidente Michel Temer foi hostilizado enquanto caminhava ao lado do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e dos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Alexandre Baldy (Cidades) no início da noite desse domingo (21). De tênis, bermuda e camiseta, na companhia de uma filha de Maia, o grupo percorria o trajeto entre os palácios do Jaburu e Alvorada quando foi surpreendido pelo protesto. Aos gritos, um manifestante chamou o presidente de “golpista” e “ladrão”, “bandido”. “Fora, Temer”, emendou. O presidente e seus aliados sorriram e mantiveram o passo, ignorando o protesto. Eles contaram, após o exercício físico, que aproveitaram o momento juntos para discutir a reforma da Previdência. Veja o vídeo:

A caminhada faz parte da estratégia da assessoria de Temer de melhorar a imagem do presidente, que ostenta índices recordes de rejeição popular, e descartar rumores sobre o estado de saúde do peemedebista.

<< Governo tem no máximo 220 votos para reforma da Previdência, estima aliado de Temer
<< O tsunami da Previdência: estive lá dentro e sei que não é fantasia

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!