Temer é denunciado um dia após virar réu em outro processo

O ex-presidente Michel Temer foi denunciado, nesta sexta-feira (29) por desvios ligados à usina de Angra 3, da Eletronuclear. O ex-ministro Moreira Franco também foi denunciado. Foi esta investigação que levou à prisão dos dois, além de outros envolvidos, na última quinta (21). Temer acabaria solto quatro dias depois por ordem do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2).

A acusação é feita um dia após Temer ter se tornado réu em outro processo: na última quinta (28), a Justiça Federal de Brasília aceitou uma denúncia contra o emedebista no caso da mala transportada pelo ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, contendo R$ 500 mil recebidos da empresa JBS.

A acusação havia sido apresentada inicialmente pelo ex-procurador geral da República Rodrigo Janot em 2017. Na época, Temer era presidente e a denúncia teve que passar pelo crivo da Câmara, que não permitiu sua aceitação. Com o fim do foro privilegiado, o caso desceu para a primeira instância e a acusação foi reapresentada ao juiz Rodrigo Bentemuller,da 15ª Vara Federal, que conduzirá o processo.

>> Temer voltou para casa em jatinho comprado por US$ 2 milhões pelo governador do DF

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!