Temer diz que não teve “tempo” para acompanhar discurso de Dilma no Senado

Apesar de ter ficado no Palácio do Jaburu durante toda a manhã, Temer disse que trabalhava em despachos durante a sessão plenário e não teve a “satisfação” de acompanhar o pronunciamento da petista no Senado

A presidente afastada Dilma Rousseff discursou aos senadores na manhã desta segunda-feira (29), no que é tido como o principal fato político do ano. Mesmo assim, questionado pela imprensa sobre o pronunciamento da petista, o presidente interino Michel Temer, que passou toda a manhã no Palácio do Jaburu – residência oficial da vice-presidência da República – disse que "não teve tempo" nem a "satisfação" de acompanhar o depoimento de Dilma durante a fase final da investigação.

“Sabe que eu não tive tempo de ouvir. Confesso que não tive tempo de ouvir [o discurso]. Fiquei trabalhando em uns despachos e não tive a satisfação de acompanhar o discurso”, disse o presidente interino, em evento no Palácio do Planalto para recepcionar atletas olímpicos brasileiros.

Mesmo antes da confirmação do afastamento definitivo da presidente, Temer prometeu aos atletas mais investimentos para o esporte brasileiro e acrescentou que acompanhará essa etapa do julgamento “com tranquilidade absoluta”.

“Sou obediente às instituições e espero respeitosamente a decisão do Senado Federal”, afirmou o peemedebista.

Dirigindo-se aos atletas, Temer enfatizou o exemplo positivo que eles transmitem aos jovens no país. “Vocês são brasileiros que dão exemplo para todo o Brasil. Muitos jovens que encontrei têm agora como sonho participar dos Jogos Olímpicos”, discursou o presidente interino.

* Com informações da Agência Brasil

Mais sobre impeachment

Mais sobre Dilma Rousseff

Mais sobre Michel Temer

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!