Suplente de Aloysio toma posse, e bancada do PMDB chega a 22 senadores

Aloysio assumiu nesta semana o Ministério de Relações Exteriores em vaga deixada por José Serra. O partido do presidente Michel Temer ocupa mais de um quarto das 81 cadeiras do Senado

 

O primeiro suplente do senador licenciado Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), Airton Sandoval (PMDB-SP), tomou posse como senador na manhã desta quinta-feira (9).  Com o novo integrante, o PMDB no Senado passa a contar com 22 dos 81 senadores e se distância ainda mais das demais bancadas no número de parlamentares. Aloysio assumiu nesta semana o Ministério de Relações Exteriores em vaga deixada por José Serra (PSDB-SP).

Advogado de 73 anos, Airton Sandoval Santana foi deputado federal constituinte, exerceu quatro mandatos consecutivos na Câmara, de 1975 a 1990, pelo MDB, pela Arena e pelo PMDB. Essa é a segunda vez que ele assume como suplente no Senado: em 1993 ele ocupou a vaga de Luiz Carlos Santos.

O novo senador foi candidato à prefeitura de Franca (SP) em 1996 e também vice-presidente da Frente Municipalista Nacional. Foi secretário-geral do PMDB-SP até 2010, quando se tornou suplente de Aloysio. Airton foi conduzido ao Plenário pelos senadores Roberto Rocha (PSB-MA), Tasso Jeireissati (PSDB-CE) e Elmano Ferrer (PMDB-PI).

Com informações da Agência Senado

 

Mais sobre Legislativo

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!