Dezessete candidatos se inscrevem para disputar a eleição na Câmara; veja a lista

Candidatos ainda podem desistir da disputa até às 15h, uma hora antes do início da sessão de votação. Últimos a entrar no páreo foram Maria do Rosário (PT) e Orlando Silva (PCdoB)

O prazo para o registro de candidaturas à presidência da Câmara encerrou há pouco, ao meio-dia, e a Secretaria-Geral da Mesa contabiliza 14 nomes inscritos (veja a lista abaixo). Os últimos a entrar no páreo foram Maria do Rosário (PT-RS) e Orlando Silva (PCdoB-SP). Com a remarcação da sessão para às 19h, os candidatos podem desistir da disputa até às 17h30, uma hora antes do início da sessão em que os deputados vão eleger o sucessor de Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Atendendo aos apelos feitos pelas bancadas do PSDB e do DEM, Júlio Delgado (PSB-MG) retirou o seu nome da disputa. Dos partidos de maior bancada, somente o PSDB não lançou candidato.

Beto Mansur (PRB-SP) também anunciou que deixará a disputa "em prol da unidade". O primeiro-secretário declarou que irá apoiar a candidatura de Rogério Rosso (PSD-DF). "Faço parte de um grupo de partidos que dá sustentação ao governo Michel Temer e eu quero continuar dessa maneira", disse Mansur.

Pouco mais de duas horas depois de registrar a participação, a petista Maria do Rosário também desistiu eleição. Ao se inscrever, a deputada divulgou em sua conta do Twitter que "à pedido de parlamentares próximos" entrou na disputa. Horas depois, também pela rede social, afirmou que a liderança do PT decidiu que a legenda não deveria ter candidatura própria.

Fausto Pinato (PP-SP) foi o quarto a desistir da corrida à Presidência da Casa.

Aberta a sessão, cada candidato terá dez minutos para falar. Dado o grande número de concorrentes, a escolha do novo presidente da Câmara deve se dar em dois turnos. Ela só se definiria na primeira rodada de votação se um dos candidatos obtivesse o apoio da maioria absoluta dos deputados (ou seja, de pelo menos 257 dos 513). Na hipótese de isso não acontecer, os dois mais votados se enfrentam em um segundo turno de votação.

O voto é secreto, mas será dado pelo sistema eletrônico de votação, o que permitirá a divulgação dos resultados quase imediatamente. Além dos discursos, as articulações entre os partidos é que podem contribuir para que a sessão se estenda.

Veja a lista dos nomes inscritos, de acordo com a ordem de discursos:

1. Rodrigo Maia (DEM-RJ)

2. Evair Vieira de Melo (PV-ES)

3. Miro Teixeira (REDE-RJ)

4. Giacobo (PR-PR)

5. Cristiane Brasil (PTB-RJ)

6. Luiza Erundina (PSOL-SP)

7. Fabio Ramalho (PMDB-MG)

8. Carlos Manato (SD-ES)

9. Carlos Henrique Gaguim (PTN-TO)

10. Marcelo Castro (PMDB-PI)

11. Fausto Pinato (PP-SP) - retirou a candidatura

12. Beto Mansur (PRB-SP) - retirou a candidatura

13. Rogério Rosso (PSD-DF)

14. Gilberto Nascimento (PSC-SP)

15. Esperidião Amin (PP-SC)

16. Maria do Rosário (PT-RS) - retirou a candidatura

17. Orlando Silva (PCdoB-SP)

 

Veja também:

Candidatura de Marcelo Castro expõe crise do PMDB

Mais sobre Legislativo em crise

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!