Vídeo: suado, Lula malha e convoca internautas: ‘Cria coragem, levanta!’

Em vídeo, ex-presidente usa linguagem intimista para dar recado aos internautas. E diz que já anda e corre, alternadamente, por uma hora. “Parece pouco. Mas, para um ‘veinho’ como eu, tá de bom tamanho”

O ex-presidente Lula, por meio do instituto que leva seu nome, divulgou nesta sexta-feira (24) vídeo em que aparece em meio a equipamento de musculação em uma academia e, suado e com uma toalha amarela em volta do pescoço, dá uma mensagem de incentivo aos internautas. Ao lado de um instrutor, o cacique petista diz que começou a “malhação” de maneira leve e comenta sua evolução.

“Resolvi fazer esse vídeo como uma contribuição às pessoas”, diz o ex-presidente, no filmete de dois minutos e 31 segundos. “Comecei andando a 1 [quilômetro] por hora. Hoje, eu já ando uma hora quase todo dia. Tô [sic] andando três minutos e correndo um minuto a dez quilômetros por hora, durante uma hora. Parece pouco. Mas, para um ‘veinho’ como eu, tá de bom tamanho.”

Em imagens veiculadas simultaneamente à sua fala, Lula aparece correndo em uma esteira eletrônica, levantando peso com as pernas, flexionando as panturrilhas, exercitando o peitoral com dois pesos de dois quilos... Sempre falando ao internauta como se estivesse ao lado de seu companheiro de maromba, compartilhando os aparelhos.

“Estou preocupado com a sua saúde. Então concentra e continua! Cria coragem, levanta!”, incentiva o ex-presidente, que enfrentou um tratamento de câncer em 2012. “Eu sei que, às vezes, é melhor ficar em casa vendo televisão.”

No instante em que demonstra o progresso no condicionamento físico, Lula revela que não tem tomado tanto sol quanto deveria – de bermudas, a pele alva do ex-presidente logo é denunciada pelo enfoque da câmera. Em outra hipótese, como manda a boa conduta, ele tem usado muito protetor solar. “Uma das coisas mais importantes que a gente tem de cuidar é de fortalecer os músculos. Sabe, sobretudo a perna, porque é cada vez mais peso para as pernas segurarem”, ensina o novo atleta presidencial, enquanto empurra o aparelho “na ponta do pé”.

E, com uma camisa a denunciar os excessos abdominais, Lula escuta o diagnóstico dos instrutores. “O presidente Lula chegou aqui sedentário, sem um mínimo de condicionamento, com fraqueza muscular. Então, fizemos um trabalho de fortalecimento, de condicionamento cardiovascular, um trabalho total de condicionamento físico com ele”, diz um dos profissionais. “Doze por sete”, sentencia outro treinador, sob o olhar obediente de Lula, referindo-se à pressão arterial do petista.

Clique aqui para assistir ao vídeo

Mais sobre Lula

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!