SP Fashion Week esclarece inadimplência com Turismo

Segundo nota enviada pela assessoria do evento, as razões da inadimplência, que se referiam à exigência de fotografias que atestassem a utilização dos recursos do convênio, já foram sanadas

A empresa TRCom Assessoria de Comunicação, que presta assessoria à organização da São Paulo Fashion Week enviou nota à redação do Congresso em Foco, em que contesta informações da matéria “SP Fashion Week deve ao Ministério do Turismo”. Na nota, a assessoria reitera que as razões para a inadimplência do maior evento de moda do país referem-se à exigência de fotografias que comprovassem a utilização dos recursos do convênio no evento. Segundo a nota, as fotografias pedidas “já foram prontamente encaminhadas”.

A assessoria classifica a matéria do Congresso em Foco de “dúbia”, gerando “mal-entendidos”.

Na verdade, o Congresso em Foco reitera que a inadimplência por um convênio no valor de R$ 300 mil por parte da São Paulo Fashion Week realmente consta das informações do Portal da Transparência do governo federal. E que tal situação foi também confirmada pelo Ministério do Turismo. As explicações de que os problemas referiam-se à exigência de fotografias do evento foram registradas na matéria exatamente da mesma forma como estão na nota abaixo.

Leia a nota da assessoria da São Paulo Fashion Week:

“NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação à notícia divulgada pelo site Congresso em Foco sobre inadimplência do SPFW junto ao Ministério do Turismo, vimos esclarecer que:

1.      As informações solicitadas, não previstas inicialmente no convênio firmado em 2008, já foram prontamente encaminhadas ao Ministério do Turismo, e dizem respeito a fotografias do SPFW, constando nome do evento e logomarca do MinTur, e declaração atestando a realização do evento, conforme explicado na semana passada à jornalista Mariana Haubert do referido site.

2.      O SPFW firmou convênio em dezembro de 2007 no valor de R$ 300 mil com o Ministério do Turismo para o evento de janeiro de 2008.

3.      Os recursos foram depositados em conta vinculada do Banco do Brasil em março de 2008.

4.      A prestação de contas foi feita devidamente no dia 30 de abril de 2008 dentro, portanto, do prazo estipulado de 60 dias.

5.      Todas as exigências feitas à época foram cumpridas no prazo estipulado.

6.      O tom da nota divulgada pelo Congresso em Foco não reflete a real situação. A nota é dúbia, gerando mal-entendidos quanto à lisura e idoneidade do evento.

7.      O SPFW é um evento reconhecido em todo o território nacional e no mundo, tendo um papel relevante no posicionamento estratégico do Brasil, contribuindo para a imagem de país inovador e produtor de valor agregado.

8.      Mais do que um evento, o SPFW é uma plataforma de conteúdo e comunicação, um espaço de destaque para divulgação de campanhas, produtos e marcas diversas.

9.      Em 15 anos de existência, o SPFW reuniu todos os elos de uma importante e extensa cadeia como é a cadeia têxtil e do vestuário, tendo consolidado um calendário para a criação de moda brasileira e sendo reconhecido no mundo inteiro como espaço de convergência de diversas redes criativas.”

Continuar lendo