Site faz piada com PSDB e Ultraje a Rigor

Mario Coelho


O site de humor Notícias Globais, dedicado a produzir notícias falsas sobre diversos assuntos, movimentou a internet nas últimas horas com uma nota tratando do PSDB e do grupo de rock Ultraje a Rigor. Fazendo gozação com as ações promovidas na Justiça eleitoral pelos tucanos, uma nota diz que o partido entrou com uma representação pedindo a proibição da música "Eu gosto é de mulher" por conta da expressão "mulher pra presidente". A nota, publicada em 22 de junho, afirma também que o PT estaria se beneficiando da expressão.

A nota, então, caiu na rede. Rapidamente, tuiteiros repassaram o conteúdo da "matéria" para seus contatos. Não demorou para que sites de notícias também republicassem as informações. O primeiro foi um periódico na internet baseado no Mato Grosso. Depois, o Jus Brasil, dedicado à cobertura especializada de Justiça. E o próprio Congresso em Foco acabou reproduzindo a nota do Jus Brasil.


No entanto, o desmentido veio pelo próprio Twitter. Roger Moreira, líder do Ultraje a Rigor, foi questionado. Ele disse, em resposta ao questionamento de um usuário: "É gozação. Esse jornal só tem notícias fake". O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou que nenhuma ação do tipo deu entrada na corte.

Até Marcelo Branco, coordenador da campanha de Dilma Rousseff (PT) nas redes sociais, disse no seu microblog que a notícia não é verdadeira. Isso depois de ele mesmo mandar para seus contatos o link da matéria feita pelo Jus Brasil. Na descrição do Notícias Globais, os autores afirmam que a publicação "é um site de notícias não verdadeiras". "As notícias publicadas neste site não condizem com a realidade e não devem ser levadas a sério. O objetivo deste site é apenas entreter os seus leitores desocupados", afirmam.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!