Sete comissões permanentes do Senado iniciam os trabalhos nesta semana

A eleição dos presidentes das comissões marca o início dos trabalhos em 2017

 

 

Depois da dificuldade em estabelecer um acordo entre os líderes partidários do Senado para as indicações dos membros das comissões permanentes na Casa, sete colegiados devem eleger seus presidentes nesta semana. Cinco delas têm reuniões marcadas para a terça-feira (14) e duas devem se reunir na quarta-feira (15). A eleição dos presidentes das comissões marca o início dos trabalhos em 2017. Grande parte das indicações dos líderes já está definida, mas o nome para presidir a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) ainda é uma incógnita.

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), uma das mais disputadas pelos partidos, deve se reunir na terça-feira às 10h. Em entrevistas recentes, o primeiro-vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PB), já afirmou que o partido deve ficar com a comissão. Se esse acordo for cumprido, segundo o senador, o indicado deve ser o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), mas o nome final ainda não foi confirmado pelo partido. Até o ano passado, a comissão era presidida pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), também fará sua reunião na terça-feira, a partir das 11h30. De acordo com o PSB, a quem caberá a indicação, o nome escolhido é o da senadora Lúcia Vânia (PSB-GO). Nos dois últimos anos, a comissão também foi comandada pelo partido. O presidente era o senador Romário (PSB-RJ).

A instalação da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) está marcada para as 11h, também na terça-feira. Na última semana, a líder do PT, senador Gleisi Hoffmann (PT-PR), anunciou que o partido pretende indicar a senadora Regina Sousa (PT-PI) para presidir o colegiado. Nos anos anteriores, outro senador petista presidiu a comissão: Paulo Paim (RS).

Outra comissão que já tem o nome do presidente definido é a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), com reunião marcada para as 14h30. De acordo com a liderança do PP, o indicado será o senador Ivo Cassol. O PP também é o partido da última presidente da comissão, senadora Ana Amélia (PP-RS).

Indefinição

Das cinco comissões que serão instaladas na terça-feira, uma permanece com a presidência indefinida, a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE). A expectativa é de que a indicação seja feita pelo PMDB, mas o líder do partido, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. A reunião da comissão está marcada para as 9h30. Até o ano passado, o presidente era o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP).

Ciência e tecnologia

Já na quarta-feira, duas comissões terão os presidentes eleitos. A primeira reunião deve ser da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT). Segundo o PSD,  Otto Alencar (PSD-BA) será o presidente do colegiado, antes comandado por Lasier Martins (PSD-RS).

A segunda reunião, marcada para as 9h, será a da Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Já foi confirmada a indicação da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP). O último presidente da CAS foi o senador Edison Lobão (PMDB-MA).

A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) também já teve o nome indicado, mas ainda não tem reunião marcada. O nome da senadora Fátima Bezerra (PT-RN) foi confirmado pela líder do PT. O último presidente eleito pela comissão foi o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Mais sobre Senado

Mais sobre comissões

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!