Senado de 2015 vai ser o mais pulverizado da história

Atualmente, Senado tem representantes de 16 partidos diferentes. PMDB deve continuar com a maior bancada. Pulverização cria dificuldades para o Executivo na negociação de projetos de lei

O Senado deverá abrigar em 2015 integrantes de 18 partidos políticos diferentes. Se essa previsão, feita com base em pesquisas de intenção de voto mais recentes, for confirmada, a composição vai ser a mais pulverizada da história do Senado, segundo o blog do jornalista Fernando Rodrigues.

Em 2002, primeiro ano do governo Lula, o Senado tinha nove legendas representadas na Casa, metade da projetada para 2015. Atualmente, há senadores de 16 partidos diferentes.

“O Senado repete a mesma trajetória a Câmara dos Deputados, que também tem aumentado o número de legendas representadas”, diz o blog. O PMDB deve continuar com a maior bancada e o PT e o PSDB tendem a ficar na segunda posição.

O blog lembra que essa fragmentação produz mais dificuldades para o poder Executivo quando é necessário negociar projetos de lei com o Congresso. Clique aqui para ver os dados da projeção, considerando a evolução das bancadas nos últimos 20 anos, desde 1994.

 

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!